Comunidade Cristã | Encantado, 22 de novembro de 2017
APRENDENDO COM OS QUERO-QUEROS
Por: Pr. Armando Castoldi
10/08/2012

 

Nesta semana decidi fazer minha caminhada matinal no Parque Multiesportivo, o nosso “caminhódromo”. Mal chegara e um reboliço: Uma jovem estava sendo atacada tão violentamente por um casal de quero-queros, que assustada, retrocedeu e mudou sua trajetória. Como era o caminho que eu também pretendia fazer, continuei em frente e evidentemente, fui atacado com a mesma fúria. Conhecendo bem a dissimulação dessas aves, comecei a prestar atenção ao redor, tentando descobrir onde poderia estar o ninho. Na terceira volta, bem à minha frente, no meio da pista, estava o precioso tesouro que elas guardavam: Dois ovinhos verdes com pintas brancas, quase imperceptíveis, confundindo-se com os pedriscos do chão. Ora, com tantas pessoas que transitam pelo local, me pareceu lógico que alguém acabaria pisando neles. O que eu poderia fazer?
Então, debaixo do ataque desesperado do valente casal, construí um círculo ao redor do ninho, com algumas pedras maiores que encontrei por perto. Na lei das probabilidades, entendi que era o melhor que eu poderia fazer para protegê-los.      
No dia seguinte, já ansioso por saber o que sucedera, me senti aliviado ao perceber que os ovos ainda estavam intactos. Minha providência tinha sido acertada.  Contudo, me  pareceu que eles não estavam tão convencidos disso e fui outra vez ferozmente atacado. Mas percebi que aos poucos eles foram se aquietando.
Hoje, quarta-feira, ao retornar ao local, qual não foi minha surpresa quando vi que um terceiro ovo havia sido posto. Estranhamente, eles estavam calmos. Na segunda volta um deles ainda esboçou um ataque, mas logo se conteve e eu comecei a apostar eles estavam de alguma forma captando as minhas intenções. Foi incrível, mas na quarta volta a fêmea já estava novamente chocando seus ovos. Eu jamais vira essa cena antes, pois passei a menos de dois metros do ninho e esse tipo de ave nunca se expõe dessa maneira. Por fim, eles estavam quietos, rendidos e eu voltei para casa com a gostosa sensação de vitória. Espero sinceramente que logo os filhotinhos estejam correndo e voando pelo parque, pois agora eu já me sinto comprometido com essa causa. 
Experiências assim são muito valiosas e eu quero compartilhar algumas lições:
1º)Não pude deixar de pensar em Jesus, no quanto Ele lutou para demonstrar o Seu amor por nós, e mesmo assim, para muitos, o Seu nome ainda soa como uma ameaça. Por isso, logo antes de sua crucificação, também usando a figura de aves, expressa perplexo a sua frustração: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das suas asas, e vós não quisestes”. (Mateus 23.37);
2º)Quantas vezes, a exemplo da primeira reação dos quero-queros, somos ingratos com aqueles que querem nos ajudar. Quantos conselhos rejeitamos, quanta resistência levantamos contra pessoas que só desejam o nosso bem. Que dificuldade temos às vezes, para discernir quem são realmente nossos amigos e quem são os nossos inimigos;
3º) Também considerei a importância de termos paciência com aqueles que ainda não compreendem as nossas intenções. Creiamos que quando insistimos em fazer o bem; quando não mudamos nossa postura mesmo diante da rejeição, o amor vencerá.
Prezado leitor: Neste domingo, comemoramos o dia dos Pais. Impressionante como essas pequenas aves lutam para proteger seu ninho. Como você, pai, tem reagido diante dos tantos ataques que estão sendo desfechados contra seu lar? Deus ama a família e quer ter parte nesse sublime projeto. Mas é você pai, como líder espiritual da casa quem decide se irá ou não deixar que Deus cerque seu ninho com Suas pedras de proteção. Cuide para não afugentar exatamente Aquele que tem como único propósito salvar o seu lar: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela”. (Salmo 127.1)
JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br