Comunidade Cristã | Encantado, 23 de setembro de 2017
DERRADEIRO JUÍZO
Por: Pr. Armando Castoldi
14/10/2011

 

Enquanto Dawkins, papa dos ateus, afirma que muito do declínio humano se deve à irracionalidade da fé e das religiões - o que de fato, no fanatismo e legalismo tem algum embasamento -, o que consigo observar é que a própria filosofia que Dawkins defende é a maior causadora dos grandes males pós-modernos. Ele transfere a culpa de sua confortável posição ao cenário que ainda, com muito esforço e pesar, tem conseguido dar uma segurada no caos. Enquanto a ciência define o infanticídio, aborto (como opção), o sexo antinatural (como normal), a traição (como genética) e cria híbridos de humanos e animais em laboratório, as grandes vozes da fé cristã ainda bradam, com ousadia, na oposição. Por que bradam? Por que sabem o que é melhor para o homem e querem que esse melhor seja, pelo menos, considerado. As massas, que pelo menos no Brasil recebem todo o estímulo para não pensar, precisam ouvir de alguém aquilo que o governo não quer falar e aquilo que a mídia quer desfavorecer. Logo seria desonestidade da nossa parte, como cristãos, omitirmos as nossas idéias. Vendo se instalar a insanidade, a cegueira e a morte, não podemos nos calar!!
A evidência, com a liberação total ao sexo antinatural, com o desincentivo ao casamento, com as "novas propostas de família", com a contestação total sobre a moral e a ética, demonstra, sim, que estamos decaindo. Mas em que contexto estamos decaindo? Num contexto de Estado parcialmente laico, que exclui o valor da Bíblia e inibe a voz da religião - em especial a cristã, já que outras, como espiritismo e religiões afro-brasileiras são estimuladas. De forma bem direta, concluo: ao lado da ateização ou bestialização do Estado, se encontra a aniquilação de toda uma valorosa e consistente tradição e isso acabará por ruir com todos os alicerces de nossa sociedade e desfragmentar a família que, na sua configuração milenar, é o berço da moral e da identidade humana. No final, o que podemos observar na realidade é que a decadência é proporcional ao abandono dos alicerces cristãos. À medida que o cristianismo verdadeiro perde força, vemos a sociedade entregando-se cada vez mais aos seus instintos carnais e lançando seu cérebro às traças. Então eu questiono a proposta de Dawkins a respeito da fé, no caso a fé cristã, quando alega que a mesma bestializa o indivíduo, pois a evidência observada aponta exatamente para o contrário. E o que mais poderia acontecer? De um lado está o darwinismo com a lei do mais forte e, do outro, a fé que detém o livro mais civilizador da história (fonte prima de várias constituições nacionais no Ocidente), repleto de fundamentos políticos e morais inigualáveis. Só com base nessas realidades, o cristianismo ganha a discussão - nem é necessário entrar na questão bvia da existência de Deus.
O resultado de cada uma dessas abordagens, está relacionado à premissa de cada posição. Uma sociedade regrada pelo naturalismo, há de levar o conceito de "o mais forte sobrevive" muito a sério, descartando o pudor, a moral, a ética e a honra no relacionamento humano. Isso faz com que a prioridade seja cada vez mais colocada sobre o eu, sobre a minha "sobrevivência", a minha satisfação, o meu domínio - "o que eu faço, por mais bizarro, mortal e errado que seja, DEVE ganhar a causa e ser aceito". Quando o que mais vale sou eu, quando eu tenho pleno direito de ser feliz, não importando o que sucederá aos demais, a sociedade fica sem lei e se estabelece o caos. O futuro, que pertence "aos outros", não é semeado, pois "tudo o que vale é investir todas as forças, tempo e recursos em mim mesmo. Os outros nada merecem. Eles que busquem a sua própria sobrevivência.” Esse é o fundamento do caos: "a lei máxima sou eu e o futuro não me importa." No final das contas, é exatamente isso que presenciamos estar se desenvolvendo em nosso mundo ocidental: uma corrida insana atrás do prazer e dinheiro, onde o  futuro, se apocalíptico ou não, pouco importa.....
(Natanael Pedro Castoldi) - Leia mais: http://miranteparaverstellen.blogspot.com/
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br