Comunidade Cristã | Encantado, 24 de novembro de 2017
ESTADO LAICO E ATEÍSMO
Por: Pr. Armando Castoldi
12/07/2011

 

O artigo 19 da nossa Constituição Federal diz o seguinte: “É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I – estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na formada lei, a colaboração de interesse público”. É isso que define um estado laico, ou seja, não possuir vínculos oficiais com qualquer Igreja.  Simples!
Porém, como um país democrático e pluralista a constituição não só permite mas também favorece as instituições religiosas, evidentemente reconhecendo o valor da fé para o indivíduo e para a saúde da sociedade. O Artigo 5º em seu inciso VI traz a seguinte redação: “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias” .
Entretanto, estamos vivendo um tempo de profundas transformações, onde praticamente todos os valores estão sendo questionados e novos conceitos forçam  passagem. Não são poucos e não são insignificantes os temas que estão em debate: aborto, eutanásia, uso de transgênicos, células tronco, liberação de drogas, novas formatações da família envolvendo as uniões homoafetivas e os direitos das minorias em suas tantas manifestações. Ora, dentro desse contexto, como uma sociedade democrática e pluralista deve se conduzir? 
Tenho percebido que tanto no governo, quanto nos meios de comunicação está se manifestando uma aversão aberta à participação das Igrejas nesses debates. Parece-me que há quase um consenso na mídia e consequentemente na opinião pública que pelo fato de sermos um país laico, as Igrejas não devem e não podem se envolver nessas questões. Porém este é talvez um dos mais graves erros históricos que nossa nação está prestes a cometer. Explico:
1º) Um Estado laico não significa absolutamente em estado ateu. As Igrejas, assim como o Estado, somente existem em função do seu povo. As Igrejas, enquanto instituições, não podem ingerir diretamente nos negócios do Estado, porém, como representantes de segmentos expressivos da sociedade elas não somente podem, como devem mobilizar suas forças para reivindicar os direitos daqueles a quem representam. E mais: Como cidadão, independentemente da fé que eu professe, se eu possuo valores que desejo defender, tenho pela Constituição Federal o mesmo direito de qualquer outro cidadão de expressar minha opinião e me utilizar de todos os meios lícitos para defender as minhas causas. Ora, se é a fé que define meus valores, como um Estado democrático me tolheria o direito de lutar por eles?
2º)Por quê, uma nação cuja população se declara em quase sua totalidade cristã, deveria deixar nas mãos de meia dúzia de ateus a decisão de temas tão relevantes? 
3º)Se o Estado, como organização política é laico, significa que os seus representantes também o deveriam ser? Por acaso os deputados, senadores, ministros, não representam o povo? E se em nome da laicidade do estado os governantes entenderem que terão que ignorar a fé e os valores daqueles que os representam, quais os conceitos que irão prevalecer?  
Prezado leitor: É visível que há uma bem arquitetada conspiração para nos induzir a acreditar que já não é conveniente para a sociedade que os valores da fé cristã sejam difundidos ou defendidos além do espaço restrito dos templos religiosos. Essa mentira grosseira precisa ser desmascarada antes que venhamos chorar amargamente suas consequências. Se você é cristão, lute pelo que você acredita. Penso que muito mais do que um direito, é um dever que você tem: “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não faz nisso está pecando”- Tiago 4.17.
JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!

 

COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br