Comunidade Cristã | Encantado, 20 de setembro de 2018
AMOR
Por: Pr. Armando Castoldi
31/08/2018

 

Sou um apaixonado pela língua portuguesa. Não é uma língua fácil, ao contrário, é muito complexa, mas por isso mesmo, sua riqueza é praticamente imensurável.   Entretanto, quando comecei estudar a Bíblia nas línguas originais, fiquei perplexo ao descobrir que numa das palavras mais importantes, ou senão a mais importante, nossa língua é muito pobre.

                O que é amor?  Em português o amor veio a significar qualquer coisa. Tanto pode ser o sentimento mais nobre que um coração humano pode conceber, quanto uma relação sexual ilícita. Assim, em nossa língua, tudo se explica e se justifica em nome do amor.       

Na língua grega, no entanto, existem várias palavras para definir os diferentes aspectos do amor.  O amor meramente  sexual,  é “eros”;  “phileo”, é o amor que aproxima os amigos;  “Ludos” é  o amor divertido, como o das crianças que gostam de brincar juntas;  “Pragma”,  fala de um relacionamento maduro e estável, como a longa convivência em um bom casamento;  “philautia”, é o amor próprio, que se traduz por  uma autoestima saudável; “storge”,  é a  afeição  recíproca dentro da estrutura familiar.    

Mas existe finalmente uma palavra especial, usada para definir o amor pleno, absoluto; um amor que pode perpassar por todos esses outros amores, mas que está acima e além de todos eles: o amor “agape”. “Agape” é um amor quase inconcebível, inexplicável, ilimitado e incondicional.  É o amor de Deus e é o amor cristão, que traduzido no latim por “cáritas”, originou a nossa palavra caridade e que por aqui, perdeu quase todo seu sentido, significando pouco mais do que dar esmola aos pobres.

Entretanto, A Bíblia salvou, através do apóstolo Paulo, o verdadeiro sentido desse amor.  Eis então, o que significa o amor em sua plenitude: “E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente: Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.  Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba” - (1 Coríntios 13.1-8 a).

Prezado leitor:  Diante desse quadro, e sabendo que é isso que Deus pede de mim, não tenho saída senão silenciar, me envergonhar, e me ver completamente perdido. Mas eis que então ali, no degrau mais baixo da minha humilhação, levanto os olhos e vejo que é exatamente esse amor que me salva: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que tudo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3.16) A conversão, é simplesmente me render a esse amor.

JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!

COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br