Comunidade Cristã | Encantado, 17 de agosto de 2018
MANTENHA O AVIÃO EM VÔO
Por:
16/03/2018

 

“Às vezes é muito fácil ficarmos tão irritados e incomodados com as coisas insignificantes, que nos esquecemos das importantes. Preocupamo-nos demais com detalhes mesquinhos, e perdemos de vista o quadro geral.

                Lembrei-me disso quando li o relato da queda de um jato da  Eastern   Airlines, na Flórida. O avião era o do conhecido voo  401, de Nova Iorque para Miami, que ali iria passar o feriado.  Quando o avião fazia a aproximação do aeroporto de Miami para aterrissar, a luzinha que indicava o funcionamento do trem de aterrissagem não se acendeu. Então o piloto fez o avião dar um círculo amplo, sobrevoando os pântanos da região, enquanto a tripulação examinava o problema. A pergunta deles era a seguinte: O trem de aterrissagem não descera, ou fora a lâmpada que se queima?

                Primeiro, o engenheiro de voo  remexeu  com  a lâmpada. Tentou retirá-la, mas ela não saía. Outro membro da tripulação ficou muito curioso com aquilo e resolveu ajudá-lo; depois outro fez o mesmo. Daí a pouco estavam todos com os olhos voltados para a pequenina lâmpada que não se soltava.  Acredite ou não,  ninguém percebeu que o avião estava perdendo altitude. Afinal ele caiu direito no pântano. Muitas pessoas morreram no acidente. Enquanto uma experiente tripulação de pilotos e peritos, de salários altos, mexiam com uma lampadazinha barata que não se soltava, um avião caía, fazendo perecer muitos de seus passageiros. Naqueles breves instantes, esses homens se esqueceram de uma regra básica de aeronáutica: “Não se esqueça de manter o avião em voo”. (Charles R. Swindoll.  “Vivendo Sem Máscaras”. Editora Betânia)

                Quase todos nós temos grandes dificuldades em dar às coisas e especialmente aos problemas, a dimensão que eles realmente têm.  Há um antigo ditado que nos lembra que “sempre que olhamos demais para o que está longe, acabamos tropeçando naquilo  que está perto”.  Mas o contrário também é verdadeiro, pois sempre que nos atemos demais aos pequenos detalhes do caminho, acabamos perdendo a direção.  A arte de viver é mais ou menos como dirigir um carro:  Um olho deve na estrada e o outro no horizonte.  É uma prática que vamos adquirindo com o tempo, e o bom motorista sabe que quando um carro está em boa velocidade, não poderá frear diante de qualquer pequena irregularidade da estrada.     

                Mas, como é difícil lidar com nossas emoções.  Parece que cada vez mais temos sido atacados por um espírito masoquista, que nos impõe um estranho prazer em nos sentirmos vítimas.  As mínimas ofensas nos desestruturam, as mínimas dificuldades nos desanimam,  os mínimos sofrimentos nos paralisam. Então empacamos e começamos alimentar a auto piedade, até que o olhar daqueles que estão ao redor comece a se voltar para nós. Quando menos percebemos, por nossa causa, por que nossa  “lampadazinha  teimosa” não se acende e nem sai do lugar, acabamos provocando um grave acidente.

                Prezado leitor:   Há pessoas cujo objetivo maior de sua vida é resolver todas as suas “picuinhas” e há outras que se veem cumprindo uma missão.  Esses dois perfis não podem estar juntos na mesma pessoa por muito tempo, por que um inviabilizará o outro. Se você é cristão, não tem jeito, você terá que aprender a dar a devida proporção aos seus problemas, para não perder o foco, sucumbir no caminho, e arrastar outros com você.  Mantenha o avião em voo!

JESUS, A OPÇÃO DA VIDA! 

COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br