Comunidade Cristã | Encantado, 18 de novembro de 2017
PLENITUDE DE VIDA
Por: Pr. Armando Castoldi
03/01/2017
Crer em Deus, para alguns, é viver num mundo completamente dicotômico, onde as realidades espirituais estão sempre desconectadas do mundo concreto. É essa visão distorcida da fé produz uma multidão de pessoas frustradas, pois esperam que Deus esteja se manifestando de maneira sobrenatural em cada mínimo movimento que fazem, mas esquecem de observar as leis que regem a vida. Evidentemente colhem não aquilo quer creram, e sim aquilo que semearam. O Deus que a Bíblia nos apresenta criou um mundo sobre o qual Ele governa soberano. Ele é o Senhor do Universo! Sendo Deus portanto aquele cria, legisla e sustenta todas as coisas, o espiritual e o concreto não se constituem em duas forças antagônicas, mas podem perfeitamente partilhar o mesmo tempo e o mesmo espaço no mundo real. A verdadeira fé, evidentemente crê nas intervenções extraordinárias de Deus como resposta à própria fé, mas também crê num Criador que não precisa revelar-se de forma particular em cada mínimo detalhe da vida, pois na verdade Ele já está revelado ali. Nesse sentido, a vida terrena, com suas leis, é um dom divino repartido igualmente a todos os seres humanos, como um grande e incondicional presente para que possamos todos reconhecer a Sua bondade: “Porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos” – Mateus 5:45. É a graça comum! É dentro dessa perspectiva que o rei Salomão nos deixou tão sábios conselhos, os quais quando levados a sério, certamente produzirão abundantes frutos em nossa vida terrena: “Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. Reparte com sete e ainda com oito, porque não sabes que mal sobrevirá à terra. Estando as nuvens cheias, derramam aguaceiro sobre a terra; caindo a árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que cair, aí ficará. Quem somente observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará. Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas. Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas. Doce é a luz, e agradável aos olhos, ver o sol. Ainda que o homem viva muitos anos, regozije-se em todos eles; contudo, deve lembrar-se de que há dias de trevas, porque serão muitos. Tudo quanto sucede é vaidade.”- Eclesiastes 11:1-8. Mas por que o rei Salomão ousa falar em Deus e em vaidade ao mesmo tempo? Bem, essa é uma questão mais complexa, porém eu quero me ater aqui a uma realidade com a qual todos nós provavelmente já nos deparamos: A existência dessas leis pode criar um grande paradoxo, onde pessoas que nem se importam com Deus se tornam bem sucedidas aqui, por que simplesmente as discernem e observam e, pessoas que creem piamente e acalentam uma esperança eterna, mas são mal sucedidas aqui, por que não conseguem harmonizar sua fé com o viver quotidiano. Prezado leitor: Deus não nos chamou a um paradoxo e sim à plenitude. Não é sábio buscar as leis de Deus e não buscá-Lo: “Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? –Mateus 16:26. E, também não é sábio buscar a vida eterna e ser reprovado aqui. Jesus foi bem claro: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” – João 10:10. É meu desejo a você para 2017. JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br