Comunidade Cristã | Encantado, 16 de dezembro de 2017
O NATAL E O PERDÃO
Por: Pr. Armando Castoldi
21/12/2016
Bem, chegou mais uma vez o tempo no qual nos vemos todos obrigados a repetir as mesmas palavras: Feliz Natal, Feliz Natal, Feliz Natal! Mas concretamente, o que as pessoas querem dizer com isso? Evidentemente que isso depende do imaginário de cada um, mas na verdade, acredito que poucos estão preocupados em expressar algo mais específico com essas palavras. Então, fiquei pensando no impacto que causaria se ao invés de nos utilizarmos as palavras convencionais fôssemos mais fieis ao sentido literal da data que comemoramos e desejássemos uns aos outros um “Feliz Nascimento de Jesus”. Provavelmente isso provocaria uma reação do tipo: O que você quer dizer com isso? Pois essa é exatamente a questão! É lógico que Jesus não nasce novamente em cada Natal, mas com certeza um dia Ele veio ao mundo; um dia, o Deus Filho, deixou a glória celestial e decidiu identificar-se da maneira mais radical possível conosco, nascendo como um de nós. Nas palavras do apóstolo João: “E o verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” – (João 1:14). Que a lembrança do Natal permaneça ainda tão viva entre nós é algo impressionante, mas não menos impressionante é a facilidade com que a tradição religiosa, as convenções sociais e o espírito consumista da nossa época, ofusquem tanto do nosso entendimento, o verdadeiro sentido do Natal. É lógico que Jesus fez muitas coisas extraordinárias quando esteve aqui e, e lógico que Ele ainda continua agindo com Seu poder, porque afinal, Ele não permaneceu na morte. Porém é importante compreender que Jesus veio a este mundo, antes de qualquer outro motivo, para nos perdoar. O perdão é o grande presente! Sim, Jesus nasceu, viveu, morreu e ressuscitou essencialmente para nos oferecer perdão. Mas será que é essa a grande benção que temos buscado n’Ele? Será que temos consciência do poder restaurador do perdão? Será que temos consciência da relação que o perdão possui com aquilo que chamamos de felicidade? É fácil desejar Feliz Natal, mas não é tão simples fazer valer o sentido do nascimento de Jesus. Quantos vão desejar Feliz Natal com o próprio coração carregado de culpas? Quantos vão desejar Feliz Natal com o coração carregado de mágoas e ressentimentos? E quantos ficariam realmente felizes se ao invés de lhes desejarmos um Feliz Natal tivéssemos a humildade de simplesmente lhes pedir ou oferecer perdão? É claro que esse clima criado em torno do Natal pode funcionar como um analgésico temporário para as dores do nosso coração; é claro que todo esse clima criado em torno do Natal pode estabelecer tréguas em muitas inimizades. Mas todo esse clima passa muito rápido e quase sempre as dores e conflitos retornam com sua intensidade agravada pela dor de mais uma decepção; pelo desalento de ter sido apenas mais uma nuvem sem chuva que se foi. Prezado leitor: Claro que eu também vou lhe desejar um Feliz Natal, porém minha forma de fazê-lo neste Natal, é encorajá-lo a receber o perdão de Deus que só em Jesus Cristo você pode encontrar e que, tendo sido invadido pelo poder restaurador dessa indizível benção, você humildemente peça e ofereça perdão, a quem você bem sabe que lhe cabe fazer. Se você o fizer, não será simplesmente mais um “Feliz Natal”, mas será o Natal mais feliz da sua vida! JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br