Comunidade Cristã | Encantado, 18 de novembro de 2017
ESPELHO E RÉU
Por: Pr. Armando Castoldi
19/09/2016

                Uma das atitudes mais comuns do ser humano é a tentativa de justificar-se. Fazemos isso, sabe-se  lá quantas vezes ao dia.  Não toleramos a culpa, então tentamos alguma maneira de nos livrar dela o quanto antes, por que ela se torna um peso que nos amedronta e esmaga. Quando erramos, quando fazemos o contrário daquilo que devíamos ter feito, de todos os lados somos acusados.  Se cremos em Deus, sabemos que nos tornamos culpados diante d’Ele; se agimos contra o próximo, sabemos que colocamos uma arma em suas mãos, a qual ele poderá usar a qualquer momento contra nós; se agimos de forma que prejudicamos a nós mesmos, então além da culpa vem o sentimento de fracasso oprimindo a própria estima. 

                Assim, a reação imediata à culpa, é a tentativa de sair da condição de réu para o lugar de vítima. Ao ser questionado após à queda, Adão culpou a mulher e ao próprio Deus que a dera a ele  e,  por sua vez a mulher, culpou a serpente a quem dera ouvidos.  Não é de estranhar, portanto, que o filho mais velho desse casal, crescido num ambiente assim, não resistisse conviver com uma conduta que o acusava tanto, e assassinasse seu irmão.  Dói à nossa autoestima quando ao nos contemplarmos no espelho do próximo, nos vermos  mais feios do que imaginávamos. Mas quebrar espelhos seria a solução???

                O fato é que a culpa é o espelho através do qual não queremos nos ver e, quanto mais nos afastamos desse espelho mais imprecisa será a noção do potencial de perigo que representamos para nós mesmos, por que, independentemente de admitirmos ou negarmos, há uma lei inflexível que rege a vida, onde todo pecado cobra o seu preço.  Por isso, todos aqueles que começam a trilhar o caminho da fuga, perderão gradativamente a noção de si mesmos, começando a se ver perfeitos aos próprios olhos e no entanto culpando Deus e o mundo por seus fracassos. Todos nós, num  grau maior ou menor, somos vítimas desse obscuro jogo que nos torna tão desajustados.

                A filosofia vigente em nossos dias abomina toda espécie de culpa. A Idolatria do ego, o culto ao corpo, a busca do prazer a qualquer preço e a ânsia pela autoestima ordenam que todos os espelhos sejam quebrados. Não é de admirar portanto, que nunca estivemos tão doentes, tão suscetíveis, tão frágeis, tão incapazes de enfrentar as próprias contradições, porque a exemplo de Caim, cada espelho quebrado significará a potencialização da nossa feiura, porque com os espelhos quebrados, se vão as referências.  

                Particularmente fico cada vez mais fascinado com a verdade do Evangelho, por que Deus nos conhece.  Ele sabe muito bem como funcionamos. Ele sabe muito bem que espelhos nos assustam e, Ele sabia que o espelho da vida de Jesus, nos assustaria ainda mais, pois aponta exatamente para um Abel que não queremos vivo.  Então Jesus veio,  de um jeito que nos impactou  muito além da nossa capacidade de olhar; luz perfeita. Assim o matamos de fato, tamanha a acusação que nos despertava.

                Mas então, numa reviravolta imprevisível, Jesus ressuscitou da morte; e olhou novamente para nós, e disse mansamente: Eu levei sobre mim vossas feiuras, eu assumi  as vossas culpas.  Agora vocês não precisam mais fugir:  Sou o réu que vocês tanto procuravam!

JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!

COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br