Comunidade Cristã | Encantado, 18 de novembro de 2017
O HOMEM, POTENCIAL ESTUPRADOR
Por: Pr. Armando Castoldi
16/06/2016
"Todo homem é um estuprador em potencial", tem sido dito. Sinto desapontar-lhes, mas isso é o mesmo que dizer que a grama é verde. Espanta-se com isso quem nunca parou para refletir sobre a natureza potencial do ser humano. Todo o ser humano é um estuprador em potencial, todo o ser humano é um abortador em potencial, todo o ser humano é um homicida em potencial, todo o ser humano é um sequestrador em potencial, todo o ser humano é um ditador em potencial... Rejeitar isso seria o mesmo que pensar em determinados grupos sociais como "menos humanos" e, por isso, "potencialmente inaptos" para o desferir daquilo que seres humanos são capazes de fazer. É evidente que todo o ser humano, e apenas o ser humano, é potencialmente capaz de concretizar qualquer espécie de torpeza que já vimos algum ser humano perpetrar - do contrário, não haveria potência humana para tal. Sim, basta o aparato biológico e anatômico, basta portar cognição humana, basta estar imerso em sociedade, basta ser homem para ser um "estuprador em potencial". Basta ser humano. Nesse discurso, estranhamente, a religião gnóstica dos moralismos militantes quase chega perto da sensatez, quase abraça o conceito de Pecado Original. Chega no ponto de realismo em que é capaz de voltar os olhos para Cristo, para o apóstolo Paulo, para Santo Agostinho e toda a corrente tradição cristã. “Não há um justo, nenhum sequer” (Rm 3:10), lhes é possível afirmar. Mas no ápice de seu reconhecimento das "potencialidades diabólicas" do ser humano - do "homem", no caso -, prefere optar pela histeria, pelo urro, pelo extremismo da censura, da obstrução da continuidade reflexiva, pela fuga da assustadora imagem da interioridade humana, para a abstração progressista, redentora, messiânica, para o fechamento barbárico, coletivista: não se deve mais pensar o humano e articular, conforme reflete Thomas Sowell, um sistema de leis e disposições sociais, culturais e morais que possam contê-lo sem destroçá-lo, o que se deve fazer é simplesmente amputar membros e instaurar vigilância inquisitorial contra todo um setor da sociedade, contra toda a comunidade humana, contra o ser humano. Assim, sem lidar-se com as causas pela rejeição da avaliação honesta, resta apenas golpear o vento na esperança de acertar o "opressor" quando este se aproximar. Que do alto dos nossos delírios, consigamos acalmar os nervos, abrir mão da covardia e do simplismo, e determo-nos o tempo que for necessário na revisitação de nossas descobertas aterradoras sobre nós mesmos, redirecionando as conclusões dali extraídas para uma lida mais prudente com a realidade, com a nossa carnalidade. A sede pela aniquilação das diabretes que habitam nossos corações nos tem feito arrancá-los junto com elas. O fervor pelo apagamento das "vis potências", tem levado ao apagamento do ser humano. Extraímos nossos olhos para evitar o olhar malicioso. Perdemos nossas almas, perdemo-nos de nós mesmos, para não termos mais que nos olhar no espelho. Sejamos honestos para com a nossa própria condição. “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm. 3:23). Sensatez! Uma visão apropriada de nós mesmos, sem o obscurecimento da covardia, é a única via para, reconhecendo a fonte de nossa corrupção, tornarmo-nos capazes de discernir o Caminho da cura, o caminho da vida abundante, da plenitude que aponta, por meio do Cristo crucificado, para o Cristo Ressurreto, para a verdadeira humanidade na Eternidade de Deus. (Natanael Pedro Castoldi)
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br