Comunidade Cristã | Encantado, 24 de setembro de 2017
PRIMÍCIAS
Por: Pr. Armando Castoldi
19/04/2016
“Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas”. (Tiago 1:18) A palavra Primícias, significa “primeiros ou melhores frutos”. Essa expressão é fartamente encontrada nas Escrituras, pois expressa o princípio fundamental, de que devemos dar o melhor para Deus: “Ao entrares na terra que o Senhor, teu Deus, te dá por herança, ao possuí-la e nela habitares, tomarás das primícias de todos os frutos do solo que recolheres da terra que te dá o Senhor teu Deus, e as porás num cesto, e irás ao lugar que o Senhor, teu Deus, escolher para ali fazer habitar o seu nome. Virás ao que, naqueles dias, for sacerdote e lhe dirás: Hoje, declaro ao Senhor, teu Deus, que entrei na terra que o Senhor, sob juramento, prometeu dar aos teus pais. O sacerdote tomará o cesto da tua mão e o porá diante do altar do Senhor, teu Deus”. (Deuteronômio 26:1-4). Essa prática, transformou-se numa das principais festas do povo judeu, a Festa das Primícias, que era celebrada no início das colheitas, contando sete semanas ou cinquenta dias após a Páscoa, por isso também denominada Festa das Semanas ou Festa de Pentecostes. Essa festa era carregada de simbolismo profético, pois Jesus, o cordeiro sem defeito, morto e levantado da morte, tornou-se primícias no seu sacrifício e primícias na sua ressurreição. Dessa semente, lançada na Páscoa, os primeiros frutos seriam colhidos cinquenta dias depois, quando desceu o Espírito Santo sobre os primeiros discípulos, dando origem à Igreja. Quando o apóstolo Tiago, irmão do Senhor Jesus (Gl. 1:19) e um dos primeiros líderes da Igreja de Jerusalém, escreveu a respeito do chamado comum dos crentes, fez exatamente menção às profecias imbutidas na Festa das Primícias, que cumpridas na pessoa de Jesus Cristo, agora pela fé n’Ele também deveriam cumprir-se em nós. Ao falar que “fomos gerados“, não está se referindo ao nascimento físico, mas a um nascimento espiritual . Não somos, nem podemos ser naturalmente primícias para Deus. Só o podemos mediante a fé na Palavra viva de Deus, que gera em nosso espírito um novo ser: “Se alguém não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus”. (João 3:3) A fé cristã perde toda sua sustentação quando ignora essa realidade: “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus”. (Romanos 3:23-24). Mas ainda assim, essa é apenas a primeira parte da questão. Tiago diz: “Para que fôssemos como primícias”. A conjugação do verbo ser está no pretérito imperfeito. Ou seja: Deus lá atrás já nos designou para isso, porém o projeto está inacabado, porque depende da nossa resposta. Ainda que Deus nos tenha gerado para que fôssemos, agora então nós precisamos ser. Quem ainda não foi gerado pela fé, terá que dar o primeiro passo, convertendo-se a Cristo e, aquele que já foi gerado, deve saber que: “os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou”. ( 1 Coríntios 5:15) Prezado leitor: Não se trata, portanto, da religião que você professa, mas sim de saber se você já foi gerado “pela palavra da verdade”, e que tendo sido, então você viva, muito além do período entre Páscoa e Pentecostes, como “primícias” das criaturas de Deus. JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br