Comunidade Cristã | Encantado, 18 de novembro de 2017
DIFERENÇA
Por: Pr. Armando Castoldi
01/02/2016
“E o verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”. (João 1:10-14) Este texto fala da vinda de Jesus Cristo e tem uma declaração devastadora: o mundo não o reconheceu. Impressionante não? Nem sequer os israelitas, o povo escolhido por Deus para recebe-lo, e que dispunha das profecias que apontavam para ele. Cristo veio em primeiro lugar para Israel. Em tudo ele cumpriu as Escrituras, desde o seu nascimento em Belém até sua morte na cruz, quando tomou sobre si a nossa culpa (Isaías 53:5). Mas o que fizeram com ele? Crucificaram-no, por que de fato não o reconheceram. Ao fazer isso, é verdade que contribuíram para cumprir a profecia a seu respeito, mas não precisaria continuar sendo assim. Hoje Cristo se manifesta entre nós por meio do seu Espírito, mas o mundo continua a não reconhece-lo. Quando ele vier de novo visivelmente, será reconhecido por todos, mas então para muitos, será tarde demais (Apocalipse 6:12-17). Agora vejamos a grande diferença: Os que reconheceram Jesus e creram nele receberam o direito de serem mais que o próprio povo de Israel era. Eles tornaram-se filhos de Deus, adquirindo uma nova identidade. Tudo se tornou novo neles. Tornaram-se outros. Eles têm agora um novo sentido de vida, novos ideais, nova conduta, novos sonhos. O apóstolo Paulo chega a dizer: “As coisas antigas já passaram, eis que se fizeram novas” (2 Coríntios 5:17). No capítulo três do Evangelho de João, Jesus afirma que “aquele que nasceu de novo” torna-se um ser imprevisível. É como um vento bom. Após o novo nascimento – o nascimento espiritual pela fé em Cristo – irá surpreender no melhor sentido. Não viverá mais cotejando o que é certo ou errado. Não se limitará a seguir regras religiosas. Não irá na onda da moda, dos comportamentos ou dos costumes. Não será moderno nem pós-moderno. Num certo sentido, terá um comportamento inédito, exclusivo, pois será guiado pelo amor. Não se importará em fazer, mas em ser um filho de Deus vivendo entre os filhos dos homens. Esta união com Deus por meio de Cristo, é a grande diferença do cristão e um chamado de vida que normalmente “o mundo” não consegue entender. Não é de admirar, portanto, que quanto mais o tempo passa maior distância haverá entre aqueles que seguem verdadeiramente a Cristo e aqueles que seguem o curso deste “mundo”. Ao menos é assim que a Bíblia diz que deveria ser: “Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se. E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras” (Apocalipse 21:11). (Extraído e adaptado do devocional Presente Diário – www.transmundial.org.br) JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br