Comunidade Cristã | Encantado, 23 de setembro de 2017
DE SEMEADORES E DE SOLOS
Por: Pr. Armando Castoldi
08/06/2013

 

Uma das parábolas mais impactantes narradas por Jesus é conhecida como a parábola do semeador. Agora, quanto me debrucei sobre ela, num primeiro momento achei que lhe caberia melhor outro título: “A Parábola dos Solos”, pois a ênfase não está no semeador, nem mesmo na semente, mas na reação de cada pessoa tem diante do Evangelho. Então compreendi por que Jesus mesmo lhe dá esse título, pois na verdade ele estava orientando os discípulos sobre a realidade do coração humano: Diante do mesmo semeador e da mesma semente, de quatro diferentes tipos de solo, somente um deles seria realmente receptivo e frutífero. Depois, em particular, Jesus lhes expõe o porquê dessa realidade: “Atendei vós, pois, à parábola do semeador: A todos os que ouvem a palavra do reino e não a compreendem, vem o maligno e arrebata o que lhes foi semeado no coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. Ao que foi semeado em solo rochoso, esse é que ouve a palavra e a recebe logo, com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, sendo, antes, de pouca duração. Em lhe chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza. O que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a Palavra, e fica infrutífera. Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende; este frutifica e produz a cem, a sessenta e a trinta por um”. (Mateus 13.19-23).
Desde l990, em tempo parcial ou integral, venho exercendo o ministério pastoral. Já passei por várias Igrejas e cidades. De um modo ou de outro, já pude semear a Palavra de Deus a um número incalculável de pessoas. Porém, mesmo tendo lido e meditado tantas vezes sobre esse texto, muitas vezes me deixei iludir, pensando que talvez meu trabalho pudesse alcançar um resultado mais satisfatório. Mas qual nada: O que Jesus falou, falou! Lembro que quando iniciei a implantação de uma congregação na cidade de Estrela, fiz uma oração muito bem intencionada: -Senhor, não permita que eu perca nenhuma das ovelhas que tu me deres neste ministério”.    Confesso que no fundo do meu coração eu acreditava que isso seria possível.   Mas, com o passar do tempo, problemas dos mais imprevisíveis e razões das mais incompreensíveis, foram me mostrando o quanto minha oração havia sido ingênua.
É tão conhecido o ditado que diz: “Nem Jesus agradou todo mundo”. Parece que eu havia esquecido também disso. Esta parábola, portanto, era uma advertência aos discípulos para que não fossem ingênuos demais, para que não estabelecessem expectativas exageradas, para que não vivessem em constante frustração. Eles seriam apenas semeadores. Lógico, assim como o Mestre, eles deveriam dar o máximo de si para serem bons semeadores, mas por melhor que fosse o desempenho deles, o resultado do seu trabalho, passaria inevitavelmente  pela reação das pessoas: suas buscas, seus desejos, a inclinação dos seus corações.  
Nos últimos tempos, diante de tantos absurdos que estão acontecendo no mundo e especialmente em nosso país, tenho me angustiado profundamente, às vezes chegado quase ao desespero, mas esta parábola aquieta o meu coração e me devolve a verdadeira perspectiva: Eu não posso salvar o mundo à força e nem Deus não irá salvar quem não deseja ser salvo. Cada solo é responsável por si mesmo. Embora deva ficar claro que a resposta à Palavra de Deus, é a nossa resposta ao próprio Deus. Não há outra semente!
Prezado leitor: É comum as pessoas escusarem-se por trás mau trabalho dos semeadores. Ora, se você tem problema com alguns deles, esqueça-os por um tempo. Vá você mesmo para a Bíblia. Ali você encontrará o verdadeiro semeador e a verdadeira semente. E ali então, independentemente do que você tenha a dizer sobre semeadores, ficará evidente o tipo de solo que você é. Quem dera, seja o solo de mais um semeador!
JESUS, A OPÇÃO DA VIDA!
COMUNIDADE CRISTÃ
Culto: Domingos as 19h30min
Jovens: Sábados as 19h30min
Encontro de Oração: Sextas as 20h

Atendemos pelo e-mail contato@ccencantado.com.br
- Info. sobre reuniões de células
- Aconselhamento
- Esclarecimento bíblico
NOVIDADES
COMUNIDADE CRISTÃ DE ENCANTADO/RS | TELEFONE: (51) 3751-1369 | EMAIL: contato@ccencantado.com.br